MPV Mínimo Produto viável


E o assunto hoje é MVP, ou Mínimo Produto Viável!


No século passado, o melhor método para se desenvolver um produto era planejar detalhadamente tudo antes de lançar. Por que?


1. O ritmo de mudança era lento e, quando o produto fosse lançado, o mercado provavelmente ainda seria o mesmo.


2. As possibilidades tecnológicas eram limitadas e caras, dificultando experiências e testes.


Hoje, a situação é inversa. A velocidade de mudança é altíssima e, se demorarmos para lançar um produto, ele provavelmente já estará obsoleto. Além disso, a tecnologia é cada vez mais barata e abundante, facilitando desenvolvimento e testes.


Assim, uma solução para vencer esses desafios é o MVP, que se refere à criação de um produto com funcionalidades mínimas, capazes de permitir um teste de aceitação com o público - um Mínimo Produto Viável. O objetivo é aprender rapidamente com o cliente, identificando aspectos para fazer os ajustes necessários na evolução do produto, economizando tempo e recursos.


No entanto, para testar um MVP é necessário prototipar, ou seja, dar vida às ideias e colocá-las em prática. O protótipo é a versão do produto que pode ser usada para validarmos suas características e continuar o processo de evolução.


E no seu negócio? O desenvolvimento de produtos está adequado para a era digital?


#marketingdigital#vendas#business#startups#mvp#marketing#propaganda#publicidade#guarapari#capixaba#negociosdigitais

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo